Não deixe de divulgar e curtir o fórum!
Últimos assuntos
» Saudades fórum.
Sex 31 Ago 2018, 18:37 por Samanteling

» Alguem ai?
Qui 16 Jul 2015, 01:40 por Jaime

» O que aconteceu com o fórum?
Seg 20 Out 2014, 13:41 por Red

» Início de Jornada - Peça seu 1° Pokemon aqui
Sex 15 Ago 2014, 20:50 por tiffanylima1122

» Pokemon Gold Great Adventures
Ter 27 Maio 2014, 17:44 por Brendan

» pokemon KANTO
Qui 06 Fev 2014, 19:45 por jdestroie

» ja pedi meu pokemom
Qui 23 Jan 2014, 17:46 por gtps321

» Pokemon White e Black
Qui 25 Jul 2013, 09:21 por patrick do prado

» BURN, PHIFF, BURN!
Seg 22 Jul 2013, 17:17 por Burn Phiff

Os membros mais ativos do mês

Os membros mais ativos da semana


Pokémon - Adventure Pyro

Ir em baixo

Pokémon - Adventure Pyro

Mensagem por Kuroko-chan em Ter 10 Jul 2012, 15:46

Título: Pokémon - Adventure Pyro
Autor(a): Kuroko-chan
Categoria: Pokémon
Gênero: Aventura, Ação, Amizade, Mistério, Shonen
N/T: Pokémon não me pertence. Nessa fanfic, Satoshi irá começar sua jornada Pokémon com outro parceiro.


PRÓLOGO





Satoshi não conseguia acreditar. Todos os seus sonhos de aventuras haviam terminado naquele momento, quando Okido-sensei lhe disse que não havia restado nenhum Pokémon. Aquilo que lhe dava mais raiva, era o fato de que tudo aquilo era culpa sua. Se tivesse ido dormir cedo, não teria se atrasado e teria tido uma chance de escolher um Pokémon.

Okido notou a expressão de decepção que o menor exibia. Ele compreendia, mas realmente não podia fazer muito. Apenas três Pokémons eram indicados para iniciantes, oferecer um quarto Pokémon não era algo indicado. Mas uma coisa Okido não podia deixar de notar, o garoto que havia entrado ali para buscar seu primeiro Pokémon era um menino determinado e ansioso por aventuras, mas agora, aquele que estava a sua frente, era apenas um garotinho indefeso e perdido. Soltou um suspiro, não acreditando que falaria aquilo.

- Satoshi, eu tenho outro Pokémon, mas ele é diferente dos iniciais – declarou Okido, vendo os olhos castanhos do moreno brilharem de esperança. – Eu posso dá-lo a você, se você concordar.

- Hai! – exclamou sem pensar duas vezes, não importava qual fosse, ele aceitaria qualquer Pokémon que lhe fosse oferecido.

- Muito bem, venha comigo – falou Okido, se virando e seguindo para a parte de trás de seu laboratório.

Satoshi não conseguia deixar de se sentir nervoso. Ganharia seu primeiro Pokémon! Mesmo que não fosse um dos três iniciais, não se importava. Só queria seu primeiro Pokémon, para então seguir o caminho que tanto desejava.

Okido o levou até os fundos do laboratório, onde se podia ver um amplo espaço, onde muitos Pokémons estavam soltos, correndo por todos os lados. O sorriso que se desenhou nos lábios de Satoshi não passou despercebido pelo pesquisador. O moreno simplesmente não conseguia conter um sorriso ao ver tantos Pokémons.

- É por aqui – indicou Okido, seguindo em direção a um celeiro que havia ali perto.

Satoshi se surpreendo um pouco ao ver a construção um pouco velha de madeira. Assim que entraram, Satoshi percebeu que o lugar era escuro, repleto de caixas e cubos de feno. Ele olhou para os lados e conseguiu ver alguns Rattatas encolhidos dormindo calmamente.

- Ele está aqui, Satoshi – declarou Okido, indicando um canto escondido pelas caixas e cubos de feno.

Satoshi se moveu e foi até o lugar indicado, deparando-se com um Pokémon de quase um metro deitado sobre um monte de feno. Ele tinha a pelagem vermelha e um pelo mais felpudo em um tom dourado em volta do pescoço, da cabeça e da cauda. Os olhos eram azuis nítidos e a postura que ele mantinha era séria.

Os olhos azuis do Pokémon se ergueram e fitaram Satoshi de forma intimidadora, fazendo com que o moreno se arrepiasse por um momento, mas mesmo assim não se intimidando completamente.

- O nome dele é Booster – apresentou Okido, sorrindo de forma gentil enquanto encarava o Pokémon deitado de forma majestosa sobre o feno. – Ele pertence à espécie dos Flareons e é do tipo fogo.

- Fogo? Então ele é como o Charmander? – indagou Satoshi, lembrando-se sobre as explicações sobre o Pokémon de fogo oferecido aos treinadores iniciantes.

- Iie, os dois podem pertencer ao mesmo tipo, mas são muito diferentes, principalmente no comportamento – declarou Okido em um tom sério. – Charmanders são Pokémon calmos, adequados para iniciantes. No entanto, Flareons são completamente diferentes. Booster é um bom Pokémon, no entanto, eu jamais recomendaria a um iniciante que o escolhesse como seu primeiro parceiro. Na verdade, eu tentaria persuadir essa pessoa a esperar por outra oportunidade de ter um inicial.

Satoshi se surpreendeu ao escutar aquilo e olhou para o Flareon que apenas observava os dois, sem fazer qualquer som, ou movimento. Era como se o Pokémon de fogo estivesse aguardando por uma resposta de Satoshi, para então se manifestar.

- Boku wa… - murmurou Satoshi, apertando os punhos com força, para então se virar para Okido, olhando-o com o brilho de decisão em seus olhos. – Vou ficar com ele.

- Tem certeza? Booster não é um Pokémon inicial. Ele já tem uma personalidade definida e será difícil você se habituar a ele – comentou Okido, lembrando o menor do que significaria escolher Booster como seu primeiro Pokémon.

- Hai! Eu sei que vai ser difícil, mais difícil do que seria se fosse com um inicial, mas eu estou decidido – afirmou Satoshi, para então se virar na direção do Pokémon chama e se ajoelhar estendendo a mão para ele. – Você quer vir comigo, Booster? Eu sei que não vou ser o melhor treinador do mundo no começo, mas prometo me esforçar. O que me diz?

Booster olhou nos olhos castanhos daquele garoto, que estava lhe oferecendo a mão de forma ansiosa. Foram apenas alguns segundos, até que ele se levantasse e ficasse sentado, para então erguer a pata dianteira direita, colocando-a sobre a mão que Satoshi lhe estendia.

Quando Booster fez isso, Satoshi sorriu abertamente, feliz de ver que o Pokémon havia concordado em vir consigo. Okido também sorriu ao ver aquilo. Aquela seria uma combinação estranha e realmente difícil, mas às vezes, mas combinações mais inusitadas é as que dão melhores resultados.

Eles voltaram para o laboratório, agora acompanhados pelo Flareon. Assim que chegaram, Okido entregou a Satoshi as pokébolas que ele precisaria para começar, uma pokédex e um pequeno livro com instruções básicas para os iniciantes. Assim que terminou de fazer isso, Satoshi chamou Booster para dentro da pokébola e voltou para casa para colocar uma roupa adequada.

Quando já estava vestido e com sua mochila preparada, Satoshi saiu correndo em direção à saída da cidade. Não queria mais perder um único segundo. Três treinadores haviam saído da cidade antes dele. Precisava correr para alcança-los, principalmente para alcançar Shigeru.

Mas estava um pouco confiante agora que tinha seu primeiro parceiro, mesmo sabendo que não seria tão fácil assim. Os dois precisariam de muito tempo, até que conseguissem se entender e confiar um no outro plenamente. Mas para alguém que estava disposto a se arriscar em grandes aventuras, um pouco de dificuldade só deixava tudo mais divertido.
avatar
Kuroko-chan
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 6
Data de inscrição : 10/07/2012
PokeRules :
100 / 100100 / 100


Ficha do Personagem
Pokémons Pokémons:
Mochila Mochila:
Dinheiro Dinheiro: 700

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pokémon - Adventure Pyro

Mensagem por Kuroko-chan em Qua 11 Jul 2012, 16:14

CAPITULO 01




Depois de caminhar por mais de quatro horas, Satoshi finalmente parou para descansar um pouco. Sentou-se sob a sombra de uma arvore e tirou a mochila das costas, procurando a comida que sua mãe, Hanako, deveria ter posto ali dentro. Encontrou um saco com bolinhos e sanduíches. Não era muita coisa, teria de poupar a comida até que chegasse a Tokiwa City, para poder comprar mantimentos.

Tirou a pokébola de Booster do bolso e a abriu, fazendo com que o Pokémon chama saísse. Quando se viu livre Booster soltou um pequeno rosnado, balançando a pelagem dourara que envolvia seu pescoço. O ar fora da pokébola parecia ser mais frio e isso o incomodava um pouco nos primeiros segundos.

- Booster, você está com fome? – indagou Satoshi, tirando um sanduiche do saco e estendendo para o Pokémon.

Os olhos azuis do Pokémon encararam o treinador e se desviaram para o sanduíche que ele lhe oferecia. Soltou um pequeno suspiro e se aproximou, abocanhando o sanduíche, deitando-se no chão e o colocando entre suas patas, para comê-lo de forma lenta. Satoshi sorriu e pegou um sanduíche para si mesmo, comendo-o de forma mais afoita.

Enquanto mastigava um pedaço do sanduíche, voltou a mexer em sua mochila, tirando de lá o manual para iniciantes que havia ganhado do Okido-sensei. Abriu-o e começou a ler enquanto comia. Eram instruções básicas, mostrando como um iniciante deveria atuar em cada situação que poderia encontrar. No entanto, Satoshi achou realmente chato o fato de que o livro ressaltava que não deveria se aventurar fora das trilhas e capturar apenas Pokémons básicos, como: Pidgeys, Rattatas e Caterpies.

Como ele iria se tornar um grande treinador desse jeito? Ele queria ter desafios! Olhou em volta, como se procurasse por alguma coisa. Tinha certeza de que todos os outros treinadores de Masara Town haviam decidido por si mesmo o caminho que iriam trilhar, por isso ele não seria diferente!

- Booster, termine de comer e vamos continuar – falou em um tom decido, engolindo o resto de seu sanduíche.

O Flareon ergueu o olhar para o moreno, com um ar claramente surpreso. Parecia que seu treinador era do tipo que não se podia antecipar. Olhou para o sanduíche que estava quase na metade, colocando-o todo na boca e engolindo. Não era do tipo que gostava de comer rápido, mas não iria atrapalhar seu treinador quando ele decidia algo.

Satoshi voltou a arrumar as coisas dentro da mochila e olhou em volta mais uma vez, apenas para ter certeza de que não havia ninguém por perto. Quando teve certeza disso, andou em direção a parte mais fechada da floresta, saindo da trilha.

Assim que viu o que seu treinador estava fazendo, Booster arregalou os olhos e correu para se por na frente do moreno, impedindo-o de continuar.

- Booster? – indagou Satoshi surpreso, olhando para o Pokémon que rosnava e arrepiava os pelos em uma clara ameaça. – Ahm… você não quer que eu saia da trilha? – sua resposta foi um ganido bravo. – Demo… se eu continuar na trilha, não vou consegui capturar bons Pokémons! Sem mencionar que não vamos encontrar nenhum tipo de desafio! Como eu vou ser um bom treinador se isso não acontecer?

Booster não conseguia acreditar na desculpa que seu treinador estava dando. Ele era louco por acaso? Fora das trilhas usadas pelos treinadores, havia dezenas de Pokémons fortes e que não seriam amigáveis com humanos. Sem mencionar as plantas venenosas e as armadilhas da própria natureza. Se Satoshi se perdesse ali, seria quase impossível saírem! Ele era o único que tinha noção do que poderia acontecer se entrasse floresta adentro, por tanto, não poderia permitir que seu treinador inexperiente fizesse tamanha besteira.

Decidido, rosnou e abriu a boca, liberando um fraco jato de fogo, assustando o moreno. Aquela era um aviso. Eles não seguiriam por aquele caminho!

- Booster… - gemeu Satoshi, olhando para o Pokémon como se implorasse. – Onegai. Eu não vou ser um bom treinador se seguir a trilha!

Um segundo jato de fogo, um pouco mais forte que o primeiro, foi à resposta que Satoshi recebeu.

- Eto… e se nos formas e voltarmos assim que eu pegar um Pokémon? – indagou Satoshi, com um sorriso nervoso nos lábios. – Prometo voltar para a trilha assim que pegar um Pokémon. O que você acha?

Booster sentiu uma veia saltar em sua testa. De todos os treinadores do mundo, porque justamente aquele garoto tinha de ser seu treinador? Ergueu os olhos azuis e o fitou por incontáveis segundos, até suspirar e dar passagem para o moreno.

Satoshi sorriu abertamente e deu um passo confiante, mas recuou ao receber outro jato de fogo próximo ao pé.

- Entendi! Entendi! Só um Pokémon e depois voltamos para a trilha – afirmou Satoshi, com as mãos levantadas em sinal de rendição.

Booster sorriu e voltar a dar passagem para o treinador prosseguir. Os dois caminharam em silêncio apenas por alguns minutos, ambos com os olhos atentos a qualquer Pokémon que pudesse aparecer.

Foram apenas cinco minutos de caminhada, quando Booster localizou o primeiro Pokémon. Soltou um ganido, alertando o moreno, que se virou rapidamente para ver qual Pokémon o Flareon havia encontrado. Para a decepção de Satoshi, era apenas um Weedle.

- Demo Booster… é apenas um Weedle – murmurou Satoshi, olhando para o pequeno Pokémon marrom que se arrastava pelo chão em direção a um arbusto.

Booster lançou um olhar frio em direção ao garoto, fazendo com que Satoshi desse um sorriso nervoso.

- Mas Weedle se transforma em Beedrill, não é mesmo? – indagou com um sorriso nervoso, recuando um passo para longe do Pokémon chama. – E um Beedrill certamente é um ótimo Pokémon.

Booster soltou um suspiro e correu para se aproximar um pouco mais do Weedle, soltando um ganido para chamar a atenção do Pokémon inseto. O pequeno Weedle se virou para encará-lo e ao vê-lo, os olhos pequenos se arregalaram e ele começou a correr com mais velocidade em direção ao arbusto.

- Não deixe que ele fuja Booster. Flamethrower! – mandou Satoshi, afinal, não queria perder o único Pokémon que haviam encontrado.

Booster puxou o ar para dentro de seu pulmão, superaquecendo-o, para então abrir a boca e liberar um poderoso jato de fogo, acertando Weedle e queimando o arbusto em que ele iria se esconder. Satoshi sorriu vitorioso, pegando sua mochila para pegar uma pokébola vazia.

Enquanto seu treinador procurava por uma pokébola vazia, Booster vigiava para que o Weedle não fugisse. Caso ele fizesse qualquer movimento para escapar, estaria pronto para detê-lo. No entanto, nesse curto espaço de tempo em que Satoshi estava procurando por uma pokébola, o Pokémon chama escutou um barulho que não era nada bom.

- Achei! – exclamou Satoshi armando a pokébola e se preparando para lança-la no Weedle, quando seu corpo congelou por alguns instantes.

De dentro do arbusto que Booster havia acertado, surgiu um Pokémon de mais de um metro de altura, semelhante a um louva-deus. Seu corpo era verde e no lugar de mãos, possuía lâminas longas que parecia realmente afiadas. Os olhos eram negros e expeliam um brilho irritado.

- Er… eto… será que nos o acertamos sem querer…? – indagou Satoshi se movendo para trás com cuidado, sendo imitado por Booster.

Os olhos negros do Pokémon brilharam na direção de Satoshi e no segundo seguinte, ele estava voando na direção dos dois, movendo as laminas com força.

Sem pensar duas vezes, Satoshi começou a correr, sendo imitado por Booster. Quanto mais corriam, mais aquele Pokémon parecia se aproximar.

- Ah! Mas que Pokémon é esse?! – gritou Satoshi, tirando a pokédex de dentro do bolso e apontando para o Pokémon que os perseguia.



“Scyther, Pokémon Louva-Deus. Suas lâminas afiadas são capazes de cortar quase qualquer coisa. Este Pokémon é raramente visto por humanos, e quase nunca é capturado.”

- Capaz de… cortar… qualquer coisa…? – murmurou Satoshi um pouco distraído, acabando por diminuir a velocidade em que corria.

Booster arregalou os olhos quando viu o Scyther surgir atrás do moreno, erguendo uma das lâminas afiadas, pronto para atacar. Fazendo uso de sua velocidade, Booster empurrou Satoshi com força, fazendo com que ele batesse contra as árvores, escorregando no chão e parando entre o moreno e o Scyther.

Os olhos azuis do Flareon brilharam na direção do Pokémon selvagem, enquanto ele eriçava seu pelo em um aviso mudo. Em resposta, Scyther ergueu as duas garras, pronto para usá-las.

Satoshi gemeu de dor, acariciando a cabeça que havia batido com força na árvore. Olhou para frente, vendo que Booster estava enfrentando Scyther. Com um pouco de dificuldade se levantou e se posicionou atrás de seu Flareon, que ao perceber seu movimento olhou para trás e sorriu de lado.

- Não vamos deixar que ele fuja, Booster! Flamethrower! – ordenou, sua voz adquirindo um tom sério.

Booster liberou uma forte rajada de fogo na direção do Pokémon inseto, mas este abriu as asas a tempo, voando e desviando do ataque. Scyther mergulhou velozmente na direção do Flareon, acertando-o e o arremessando em direção a alguns arbustos. Antes que Satoshi pudesse pensar em algum comando, Scyther voltou a mergulhar na direção do Pokémon chama, erguendo as duas lâminas para o alto, pronto para atacar.

- Cuidado Booster! – exclamou Satoshi assustado, saltando na frente do ataque, recebendo um forte golpe da lâmina em seu abdome.

Booster arregalou os olhos ao ver aquilo, sentindo a ira crescer dentro de seu peito. Ergueu-se do chão e fitou o Pokémon inseto, que também parecia surpreso com a atitude de seu treinador. Sem nem mesmo esperar um comando, Booster abriu a boca, liberando uma forte rajada de fogo acertando Scyther, fazendo com que ele caísse no chão fraco.

Quando viu que o Pokémon não se levantaria por um longo tempo, Booster olhou para seu treinador, que ainda estava no chão gemendo de dor do ataque que havia recebido. Booster soltou um suspiro e sorriu, indo até a mochila do treinador e tirando de lá uma pokébola vazia e a armando, para então jogá-la na direção de Scyther, fazendo com que o Pokémon entrasse na pokébola, capturando-o.

Quando a pokébola parou de se mexer, encerando a captura, Booster se virou para Satoshi e suspirou ao vê-lo ainda deitado no chão, soltando o ar com certa dificuldade e voltando a puxá-lo para dentro de seus pulmões.

- Ei Satoshi, levante-se de uma vez. Aquele ataque nem foi tão forte assim – rosnou Booster, dando uma leve patada do moreno.

- Você diz isso, porque não foi você que ele acertou… - gemeu Satoshi, fazendo um pouco de força para se levantar e ficar sentado.

Quando conseguiu sentar-se, Satoshi olhou para o casaco que usava, vendo que o ataque de Scyther havia rasgado o casado e a camisa que usava.

- Ahh… Mama tinha feito essa roupa especialmente para mim… - gemeu, soltando um suspiro ao ver o estrago.

- Antes a roupa do que a sua cabeça. Agora, pare de chorar, nós temos que voltar para a trilha antes que escureça – rosnou Booster, achando um exagero aquela manha toda.

- Hai, hai… - murmurou Satoshi, se preparando para se levantar, quando seus olhos castanhos se arregalaram e um frio passou por sua espinha. – Booster… desde quando… você fala…?

Booster piscou os olhos azuis por um momento, como se estivesse tentando entender o que o moreno estava fazendo, quando finalmente compreendeu. Os dois estavam se comunicando de igual para igual!

- Você… pode me entender? – indagou Booster, apenas para ter certeza de que não estava delirando.

- Sim… eto… mas… como? – indagou Satoshi, olhando para os lados, como se procurasse por alguma câmera escondida, afinal, aquilo poderia muito bem ser uma pegadinha.

- Esqueça isso… - suspirou o Flareon, soltando uma pequena chama ao fazer isso. Estava começando a ficar irritado. – Se você pode me entender, até é melhor. Pegue logo a pokébola daquele Scyther e vamos voltar para a trilha.

Satoshi concordou, se levantando com um pouco de dificuldade e pegando a pokébola no chão, desarmando-a e guardando-a no bolso da calça. Pegou a mochila que estava jogada no chão e a colocou nas costas, para então olhar mais atentamente a sua volta.

- Eto… er… Booster… você lembra para que lado ficava a trilha? – indagou com um sorriso envergonhado nos lábios.

Booster arregalou os olhos ao escutar aquilo. Não. Não! NÃO! Satoshi não estava perguntando, aquilo que ele achava que estava!

- Acho que nos afastamos muito, enquanto fugíamos do Scyther – comentou Satoshi, em um tom um pouco despreocupado para quem estava claramente perdido. – Hmm… bem… não há muito que fazer, não é mesmo? – indagou com um sorriso, se virando para o Pokémon de fogo.

No entanto, Booster estava com um olhar irritado e o pelo eriçado. Satoshi riu de forma nervosa, recuando um passo.

- Er… está tudo bem, não é mesmo? – indagou, erguendo as mãos para tentar acalmar o Pokémon de fogo. – Tenho certeza de que vamos encontrar a trilha… provavelmente…

- EU DISSE PARA VOCÊ NÃO SAIR DA TRILHA! BAKA! – gritou Booster cedendo a irritação, começando a perseguir o moreno e disparando várias rajadas de fogo, fazendo com que Satoshi corresse para tentar se salvar.

_____________________________________________
ATAQUES:
Flamethrower --: Lança Chamas
avatar
Kuroko-chan
Treinador Iniciante
Treinador Iniciante

Mensagens : 6
Data de inscrição : 10/07/2012
PokeRules :
100 / 100100 / 100


Ficha do Personagem
Pokémons Pokémons:
Mochila Mochila:
Dinheiro Dinheiro: 700

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum